sexta-feira, 19 de julho de 2013

Ansiedade, por que me persegue?

Este negócio de FIV, Beta, transferência e tudo mais gera muita ansiedade.

Como não estou fazendo terapia, apesar de todas as frustações nos últimos 4 anos, este blog tem me ajudado bastante - e de vez em quando, um boa dose de Rivotril para dar uma "desligada" kkkkkkk

Bom, depois que tive o sangramento (leve, um borrãozinho, mas fiquei histérica) resolvi pesquisar um pouco sobre o que poderia ter sido -  apesar de não ter uma boa decisão pesquisar no Google porque encontramos mulheres ainda mais descompensadas e isso só piora. Enfim... contrariei o bom senso e fui pesquisar, já que estava sozinha em casa, na fase de repouso.


Encontrei esta figura bacana, que explica o desenvolvimento embrionário, para entender a fase dos blastocistos que recebi (ficam em desenvolvimento por 3 dias pós-punção e depois mais 2 para ficarem prontos para implantação)







Achei também um blog muito interessante da Ana Helena Pimenta e me diverti muito com o que ela escreveu, pois é a mais pura verdade: “A maioria das pessoas que fazem fertilização in vitro consegue informação ou "desinformação" no site do E-Family. (http://www.e-familynet.com/). Acontece que lá podemos encontrar pessoas maravilhosas e também as mais loucas possíveis, completamente estressadas e abaladas com seus tratamentos, que de fato são muito complicados.”  Fonte: http://anahgapimenta.blogspot.com.br/2012/06/sutileza-dos-sintomas-e-relatos-de.html

Isto é totalmente verdade! Kkkkkkkk... Tem algumas coisas bizarras e acho que o desespero nos pega e não tem essa de classe social ou formação acadêmica.
Mas na sequência a Ana escreve algo bacana, que assim como a confortou, me conforta também... Neste mesmo site, ela comenta  um tópico chamado “Dicas de mulheres que fizeram FIV = BETA POSITIVO”, no qual a pessoa criou um questionário e as pessoas foram respondendo. Bom, entrei e apenas das centenas de postagens, assim como a Ana, fiz um filtro e busquei as que mais me confortavam. Embora não exista uma regra, tanto de sintomas como para repouso, em comum há sempre a esperança. Neste momento, queria saber se alguém tinha passado por um sangramento no mesmo dia da transferência.
O link é: http://www.e-familynet.com/phpbb/dicas-de-mulheres-que-fizeram-fiv-beta-positivo-t491704-10.html e vou comentar o que li e acabou acalentando meu coração...

Ah, uma observação antes: putz, como o site é poluído de imagens, propagandas e posts desnecessários. O engraçado também é que viram experts em siglas médicas, remédios, etc (rs). Só não entendi neste blog o que é ser “fadinha” de algum bebê. Mas voltando...

Sobre o repouso, algumas ficaram em repouso absoluto até fazer o beta, outras apenas dois dias e algumas fizeram viagens de carro/avião por serem de outra cidade e deu para perceber que isso não influenciou nos resultados diretamente. Aliás, minha médica pediu repouso apenas no primeiro e segundo dia, estou tentando me controlar, pois estou sempre no 220V no trabalho e várias outras atividades...

Sobre os sintomas, as mulheres relatam leves cólicas e dores no seio e também algumas pequenos sangramentos da nidação. Mas nenhuma teve sangramento no mesmo dia da transferência, nenhum relato!


Vi que muitas mulheres já estavam na 3ª ou 4ª FIV. Tem uma usuária chamada Pandora Ly que fez 16... Caramba! Isso me ajudar a pensar que não devemos desanimar, nunca.





Para quem está chegando agora neste blog, vou situar, respondendo às questões que estavam no fórum comentando acima comentado.
O post começa com o seguinte texto: “Gostaria de saber quem já pegou o positivo nos conte um pouco dos sintomas que sentiu após a transferência”
Bom, então vou relatar a minha experiência. Fico pensando, que estou escrevendo neste blog para extravasar minha ansiedade, para compartilhar experiência com outras mulheres que estão passando pelo mesmo momento e também para que, quando tudo isso tiver passado, que eu leia e resgate toda minha trajetória, pensando: Vale a pena!
Vamos às questões:

Para quem está chegando agora neste blog, vou situar, respondendo às questões que estavam no fórum comentando acima:
O post começa com o seguinte texto: “Gostaria de saber quem já pegou o positivo nos conte um pouco dos sintomas que sentiu após a transferência”
Bom, então vou relatar a minha experiência. Fico pensando, que estou escrevendo neste blog para extravasar minha ansiedade, para compartilhar experiência com outras mulheres que estão passando pelo mesmo momento e também para que, quando tudo isso tiver passado, que eu leia e resgate toda minha trajetória, pensando: Vale a pena!
Vamos às questões:

Quantos embriões foram colocados?
Como tive Síndrome da Hiperestimulação Ovariana na indução (com 24 folículos – dos quais 12 óvulos estavam maduros e 6 embriões se desenvolveram) esperei 2 ciclos para a implantação.
Foram transferidos 2 (com 8 e 7 células), pois um deles não evoluiu...

Qual sua idade?
36 anos

Como foi o seu repouso?
Na dia da transferência, fiquei 30 minutos de repouso após transferência, fui liberada para o xixi e depois fiquei mais uma hora na clínica. Ao sair, merecidamente, passei com meu marido na nossa sorveteria preferida para adoçar um pouco a vida. Cheguei em casa cansada (acho que psicologicamente), mas o físico também sentiu e dormi por quase 2 horas. Depois fiquei o restante do tempo deitadinha, vendo TV e com o notebook no colo. No dia seguinte, D1, repouso, só levando para comer e ir ao banheiro.
Nos próximos, pretendo voltar à atividade normal, sem fazer muito esforço, mas na segunda já de volta ao trabalho.

Como estava seu emocional durante todo procedimento?
Super tranquila. Como a médica atrasou, deu tempo para almoçar antes. Pena que o líquido que tomei não foi suficiente para encher a bexiga, o que me deixou um pouco apreensiva por atrapalhar a visualização do ultrassom no momento da transferência. Após, um pouco ansiosa (na verdade, já sou ansiosa normalmente...) e curiosa, pesquisando sobre o que parece ser um mundo à parte na internet, das “treinantes”, “fivetes”, etc.

Você teve algum sintoma após a transferência (sangramento, cólica, dor de cabeça, outros?)
Somente um sangramento, cerca de 12 horas depois da transferência, o que me deixou bem apreensiva. Pesquisei nos fóruns e ninguém relata isso antes do D5 ou D7, quando ocorre nidação. No mais, nenhum sintoma.

Fez teste de farmácia? Qual? Com quantos dias?
Vou me controlar e não farei!
Será que consigo?!

Fez o beta? Com quantos dias?
Está agendado para o D12.

Você estava confiante ou ainda temia pelo negativo?
Estou confiante, mas não dá para negar o medo do negativo, ainda mais depois do sangramento.

Quantas tentativas?
Está é a 1ª FIV. Já fiz coito programado por 5 ciclos com Serophene há 2 anos, depois eram tentativas por “treino livre”.

Em qual Clínica?
Androfert, Campinas.

Engravidou de quantos ?
Espero que sejam dois!