terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Reflexões do dia sobre o processo da FIV


Como não tenho muitas novidades, acho que agora terei que dar um tempinho no tratamento depois que os meus futuros bebês viraram “congeladinhos” no D3, terei que esperar um pouco. Enviei um email para o médico, estou aguardando retorno sobre os próximos passos antes da transferência. Acho que ele vai querer falar comigo sobre os miomas e avaliar se não cresceram com a bomba hormonal deste ciclo. Vou torcer para isso. Confio bastante neste médico, que é muito atencioso e tecnicamente competente.
Enquanto isso, o Natal vai se aproximando, vou me dedicando a fazer o fechamento das atividades no trabalho porque agora os projetos de consultoria em empresa já começam a parar e as atividades na faculdade vão parando para o recesso de final de ano.

Mas é óbvio que entre uma atividade e outra sempre fico no pensado e fazendo uma pesquisinha ou outra na internet. Não resisti... rs.
Com este ciclo de indução, estou com um total de 7 embriões ótimos e 3 regulares (sendo do 1º ciclo em 2013 = 1 ótimo + 2 regulares e do 2º ciclo em 2014 = 6 ótimos + 1 regular, todos congelados no D3).

Aí é só torcer, para quando forem descongelados, que continuem evoluindo. Isso porque tem outra loteria deste processo, que depois que são descongelados para transferência, devem evoluir até o D5. Nem sempre isso acontece. Por exemplo, na minha transferência no ano passado, foram descongelados 3 e apenas 2 continuaram evoluindo bem (mas que também não “grudaram” em mim e aí toda a decepção que vocês já conhecem.
O que me anima é que, mesmo com os relatos das inúmeras dificuldades, o final da história é feliz. Fico ansiosa, mas sei que é apenas uma questão de tempo...