quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Sobre o andamento das coisas desde o último Beta

 
E o feriado chegou e agora está quase acabando.... que pena. Não fui pra praia com medo da muvuca e do mau tempo (chuva demais na previsão), mas também para manter o repouso nesta fase inicial após o Beta Positivo.
Estou muito feliz e comemorando cada minuto deste resultado, mas também muito ciente dos riscos. É muito racional dizer isso, mas garanto que é importante estar consciente.
Até agora, só contei para pouquíssimas pessoas. Na segunda, logo depois do 1º Beta, não aguentei e liguei contato para meus pais e sogros. Eles não sabiam dos tratamentos, mas acho que suspeitavam. Ontem contei para minha irmã, que está grávida do 2º filho, mas foi por WhatsApp mesmo, aí fiquei pensando como sou estranha (rs).
Depois do momento “sincericídio” do post anterior, vou contar aqui o que aconteceu nos últimos dias para um update. Também vou tentar escrever posts menores, acho que me prolongo demais e vcs devem ficar com preguiça de ler, é que quero compartilhar todos os detalhes!
Bom, a cada etapa da FIV, uma nova encanação e um novo medo. Pois é, prometi que falaria de todos os sentimentos. Percebi que o negócio é assim mesmo, melhor quando é igual a passei de buggy no Nordeste, tem que ser “com emoção”!!!! kkkkkk
Relembrando o meu “trajeto” e um pouco sobre os acontecimentos da semana passada:
 
16/10/15
D1
Transferência dos 3 embriões (estágio de blastocistos)
26/10/15
D11
Resultado Positivo no Beta Hcg Quantitativo
28/10/15
D13
Sinais de sangramento escuro (não contínuo), cólica e dores nas costas
31/10/15
D16
Secreção de um muco transparente e elástico
03/11/15
D19
Sinais de sangramento rosada com resíduos da medicação e cólica leve

 
- Depois de passar por um stress na quarta à noite no trabalho (28/10/15), tive na hora, dor nas costas e um sangramento em tom escuro. Um pouquinho que saia junto com o resíduo dos medicamentos. Poxa, logo depois de ver o resultado positivo do 2º Beta... Avisei o médico que pediu repouso (não absoluto para ficar na cama imóvel, mas relativo) e abstinência sexual (com toda esta tensão, juro que estou meio off para isso nesta fase... rs)
- Na quinta (29/10/15) fiquei em casa, um susto quando pela manhã, após colocar o Crinome, saiu um pouco de sangue vermelho vivo na posta do aplicador com o resíduo do medicamento. O médico reforçou o repouso, fiquei quietinha em casa.
- Na sexta, quando fui trabalhar e dirigi com muito cuidado. Ainda tive um sangramento de cor marrom escura, do tipo borra, não intenso e não constante, mas saia com os resíduos da medicação ao ir ao banheiro. Tentei não me esforçar muito, tenho me poupado de escadas e movimentos bruscos.
- No sábado, fiquei em casa, embora tivesse que trabalhar, com a equipe me deu cobertura. Levei um susto quando vi saindo um muco – transparente e elástico. Achei estranho, tentei não me desesperar. Fiquei o restante do dia em repouso, vendo filmes (overdose de Netflix)
- No domingo, novamente saiu o muco, mais uma vez, transparente e elástico. Pronto, na minha paranoia, já fiquei imaginando que era a perda do saco gestacional Achei melhor não avisar o médico e ficar bem quietinha em casa.
- Na segunda, feriadão, tudo normal, apenas muitos (muitos mesmo) gases, coitado do meu marido. Algumas cólicas leves e um pouco de dor nas costas. Mais filmes porque a chuvinha convidava para isso.
- Na terça (03/11/15), outro sustinho: no trabalho, ao fazer xixi, saiu um pouco de sangramento rosado junto com a medicação. Tentei não entrar em pânico e fui para a casa
- Na quarta, fiquei bem, mas tive dores de cabeça fortíssimas. Como agora só posso usar o Paracetamol, parece que não passa. Esperando que ela vá embora logo, mas nesta quinta, ainda estou com a cabeça latejando. Nada de enjôos até o momento. 

Portanto, o medo desta fase é um aborto, algo que pode acontecer em até 20% das gestações – em estatísticas gerais – e ainda apresenta índices maiores em caso de tratamentos de Fertilização In Vitro (FIV).
 
Achei alguns links, que compartilho aqui:
- Sobre “sangramento no início da gravidez e abortamento”
 
- Sobre os tipos de abortamentos e fases da gestação
 
Agora vou tentar manter a calma, esperando para ver o(s) saco(s) gestacional(is) e quem sabe, ouvir os batimentos acelerados dos coraçõezinhos deles. Bjs