sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Estou de volta! Um novo ciclo...


Pessoal, estou de volta!  Sim... depois de quase um ano, retorno ao blog.

Para quem estava acompanhando, me desculpem pelo sumiço.

Sinceramente, gente, paralisei total neste período, o “baque” do negativo foi muito grande. Não sei explicar e se isso aconteceu com mais alguém, simplesmente não conseguia fazer nada pela sensação de impotência, desamparo e frustação.

Mas estou de volta, depois de uma "piradinha básica"... rs....

 
Vou resumir o que aconteceu desde a publicação em dezembro/2013 para entenderem o que vai acontecer, um tipo de “retrospectiva de 2014”:

- Em janeiro, voltei à médica, que recomendou o Dr. Barini para fazermos o exame Cross Match . Como era espero o resultado mostrou que devíamos tomar a tal da vacina. Depois postarei um tópico só sobre isso...

- Como o tratamento com as vacinas é bastante controverso – e caro (tipo R$750 o exame e depois este valor por vacina, sendo 3 doses antes da FIV e 3 depois, no mínimo), acabamos não fazendo.

- Devido à medicação, os meus 3 miomas cresceram muito, um deles ficou gigantes e então tive que fazer novos exames (como ultrassom, ressonância) para decidir o que fazer com eles

- A dúvida passou a ser: retirar os miomas ou partir para uma nova implantação (já que ficamos com 3 embriões congelados).

- A médica que me acompanhou recomendou cirurgia, mas como tinha risco de perda de uma parte do útero pela localização do mioma, resolvi procurar outros médicos.

- Como havia ficado conhecido um médico especialista por ter feito a FIV de uma mulher que engravidou aos 62 anos – e por saber do currículo excelente dele – resolvi me tratar com ele..

- É muito atencioso e pediu vários exames, tudo de novo. Estamos pensando em começar um novo ciclo de estimulação, sim, tudo de novo, apesar de termos alguns embriões, queremos aumentar não só a quantidade, mas a qualidade. A intenção é evitar a cirurgia dos miomas e para isso estou tomando Alluere + Primogyna.

Como o médico é muito ponderado e dá muitas informações, vou compartilhando aqui.

Como a metamorfose da borboleta, estou me transformando para um novo ciclo e é isso que vou dividir com vocês. Vamos lá!