quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

16 semans: fim do hematoma subcoriônico, placenta “colada”– e outras novidades!

Gente, quando tempo não apareço por aqui!!!!!! Vamos aos últimos acontecimentos porque os meses de dezembro e janeiro foram tensos, com muitas idas e vindas ao hospital, sangramentos, princípio de aborto e outras coisinhas.
Resgatando tudo em um post longo, mas aí já atualizo tudo de uma vez..
- Depois da último sangramento após o Natal, que foi mais intenso e que foi constatado um hematoma subcoriônico, fiquei em repouso total por causa do descolamento da placenta decorrente dele (que não foi tão absurdo, foi de 20% mas representava um risco).
- Fiquei totalmente de repouso, levantando só para ir ao banheiro e tomar banho, até para comer ficava meio deitada. Aproveitei a mordomia e cuidados do maridão, mas para quem é agitada como eu, depois de um tempo começa a dar agonia e vontade de sair de casa.
- No início de janeiro, fiz o ultrassom das 12 a 14 semanas, que é o morfológico com análise de translucência nucal. Foi tudo bem, hematoma quase imperceptível depois de 15 dias. Valeu o repouso, maravilha!
- Neste dia, a médica que fez o exame disse que tinha 80% de chance de ser ..... surpresa: um menino!!!!!!!!!!!!!! Me controlei para não comprar nada, mesmo porque não posso sair da cama, mas deu vontade de comprar pela internet... kkkkkkkk.
- Fui consultar minha GO após o exame e ela me deu mais 15 dias de atestado porque ainda considerou meu caso de risco. Como me sentia bem – e ao mesmo tempo com muito cuidado para seguir as orientações médicas, conversei com meu diretor e combinei que não me afastaria completamente, mas trabalharia 3 horas por dia.
- Desde dezembro não estou mais dirigindo, maridão me leva para o trabalho e outros lugares que preciso ir. Supermercado e shopping, nem pensar. Arrisquei um churrasco na casa das amigas e um jantar de níver de parente.
- Na semana, fiz o ultrassom das 16 semanas e agora não tem mais dúvida: é mesmo um menino!!!!!!!!!!!!!!! Meu marido está radiante, estou feliz demais.
Só não tem nome ainda, tenho um tempo para pensar. Agora a barriga começou a crescer e precisarei renovar o guarda-roupa. Os enjoos sumiram e vou começar a curtir a gravidez.
Ainda estou em risco devido aos miomas gigantes que cresceram com os hormônios (e continuo usando via vagina um Ultrogestan 200mg pela manhã e outro à noite). Sei das implicações e que manterei repouso relativo durante toda a gestação, mas só em ver o bebê se mexendo, nadando na minha barriga, todo serelepe, é uma sensação indescritível)
Eu disse para a médica que já estava o sentindo se mexer desde a semana anterior, ela achou prematura porque só começa a sentir a partir da semana 18, na primeira gravidez e remendou: "O que sentiu devem ser os gases".... kkkkkk.... Deve mesmo, porque isso é uma constante, meu marido nem liga mais e eu coloco a culpa na progesterona. Foi só para descontrair depois de tanta tensão! Bjs pra vcs